Etapa Estadual preparatória ao II ENE ocorre em Porto Alegre (RS)

imp-ult-4057514Mais de 450 professores, técnicos e estudantes da educação básica, técnica e tecnológica e do ensino superior participaram entre os dias 21 e 23 de abril do Encontro Estadual de Educação Preparatório do II Encontro Nacional da Educação (ENE), que ocorreu na Escola Técnica Parobé, em Porto Alegre (RS). O encontro discutiu propostas sobre a educação pública brasileira, que serão apresentadas no II ENE, que será realizado em Brasília (DF), de 16 a 18 de junho deste ano, com o mote “Contra o ajuste fiscal e a dívida pública – por um projeto classista e democrático de Educação”. Continuar lendo

Abertas as inscrições para o II ENE

BANNER INSCRICOES

As inscrições para participação no II Encontro Nacional de Educação (ENE) foram abertas nesta segunda-feira (25). Para se inscrever, o interessado deve acessar a ficha de inscrição disponível no site, preenchê-la, e fazer a transferência do valor da inscrição para a conta indicada. O II ENE ocorrerá em Brasília (DF) de 16 a 18 de junho.

Na ficha de inscrição, é necessário o preenchimento de alguns campos obrigatórios, que permitirão à organização do evento preparar melhor o ENE, como se é necessário creche ou alojamento, ou se são necessárias adaptações para garantir acessibilidade as pessoas com necessidades especiais. Também há campos não obrigatórios, que a organização do evento sugere o preenchimento, tais como orientação sexual, identidade de gênero e raça.
Continuar lendo

Rio de Janeiro realiza etapa estadual preparatória ao II ENE

imp-ult-1414713639Atividade preparatória para o encontro nacional indica um dia de mobilizações em apoio à greve dos servidores públicos estaduais e as ocupações dos estudantes

No último dia 16 de abril, o Rio de Janeiro (RJ) recebeu o Encontro Estadual de Educação Preparatório do II Encontro Nacional da Educação (ENE), na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), campus da Praia Vermelha, localizado na Zona Sul. Organizado pelo Fórum Estadual em Defesa da Educação Pública (Fedep), que é composto por várias entidades, entre elas o ANDES-SN, o Encontro reuniu trabalhadores, estudantes, movimentos populares, sociais e sindicais e discutiu propostas, que serão apresentadas no II ENE, que acontece em Brasília (DF), de 16 a 18 de junho deste ano, com o mote “Contra o ajuste fiscal e a dívida pública – por um projeto classista e democrático de Educação”. Continuar lendo

Estudantes de SP farão denúncia na Comissão Interamericana de Direitos Humanos

Violência policial em protestos é tema de audiência em Washington, EUA

Os estudantes secundaristas de São Paulo, que ocuparam centenas de escolas em 2015 contra a reorganização escolar, denunciarão o Estado Brasileiro à Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH), em Washington (EUA), pela violência policial durante os protestos. A audiência está marcada para o dia 7 de abril. Continuar lendo

Pernambuco realiza Encontro Regional de Educação preparatório ao II ENE

imp-ult-1294931884Neste último final de semana (11 e 12), cerca de 200 pessoas de movimentos sindicais, estudantis, sociais e populares se reuniram no Encontro Regional de Educação (ERE) no Centro de Educação (CE) da Universidade Federal de Pernambuco (Ufpe) em Recife (PE). O encontro, promovido pelo Comitê Estadual em Defesa da Educação, teve como objetivo promover uma discussão ampliada sobre a educação pública brasileira e integra as etapas preparatórias que irão anteceder a realização do II Encontro Nacional de Educação (ENE), que ocorrerá no mês de junho em Brasília (DF).  Continuar lendo

ANDES-SN divulga crítica à BNCC e cartilha sobre Projeto do Capital para a Educação

cartilhagtpeO ANDES-SN divulgou, na tarde desta sexta-feira (11), por meio da Circular 45/2016, uma nota política contrária à Base Nacional Comum Curricular. A manifestação do Sindicato Nacional sobre a BNCC através da nota foi deliberada no 35º Congresso do Sindicato Nacional, realizado no final de janeiro em Curitiba. No documento, a entidade faz uma análise do que representa a proposta do Ministério da Educação (MEC) para a Educação Básica e “se posiciona contra a BNCC por considera-la um instrumento centralizador, autoritário, reducionista e de controle dos conteúdos a serem ministrados por professores/as”. Continuar lendo